Dentista para crianças – Uma especialidade voltada ao atendimento infantil

Dentista para crianças – Uma especialidade voltada ao atendimento infantil

Odontopediatra é o profissional melhor indicado para atender as necessidades odontológicas dos bebês, crianças e adolescentes, além de orientar corretamente as gestantes (Odontologia Intra-Uterina).

É a primeira e a principal especialidade por que passamos, e sua mais importante meta é a prevenção.

Daí a importância da futura mamãe procurar o dentista odontopediatra antes do nascimento do bebê, para cuidar de sua saúde bucal e receber orientações sobre cuidados com a do bebê.

Também é importante o bebê ir ao dentista odontopediatra antes mesmo de ter “nascido” o primeiro dente de leite, para que seja feito um programa de prevenção à cárie e a outras doenças bucais.

A odontopediatria,atua através de uma programação preventiva bem organizada, que poder evitar 90% da incidência das doenças bucais em seus filhos.

Quanto antes o seu filho consultar um odontopediatra melhor as chances de ter um sorriso saudável e bonito.

Dúvidas Freqüentes em Odontopediatria:

Antibióticos na infância – O que fazer quando alguma medico prescreve antibiótico para meu filho(a )?

Esta duvida é muito comum na odontopediatria, quanto ao uso de antibiótico, onde o que mais poderá levar a manchas nos dentes de leite é a tetraciclina, quando administrada durante a gestação em grande quantidade e longa duração. O mesmo pode acontecer para os dentes permanentes quando administrado à criança logo após o nascimento.

O que sugerem os odontopediatras em relação a quando a criança deve interromper o uso da chupeta?

A chupeta ou a sucção do dedo, leva a um desequilíbrio das arcadas dentárias e à má posição dos dentes. Na odontopediatria, os dentistas costumam preparar a criança e responsáveis para interromper por volta dos dois anos de idade, quando a criança já está consciente de suas vontades e não requer mais a compensação de sugar.

E quando nascem os dentes de leite ?

A presença dos dentes de leite é muito importante porque prepara o caminho (guia) para a erupção dos dentes permanentes, mantendo em equilíbrio harmônico o crescimento das estruturas da face (dentes, ossos e músculos); proporciona uma mastigação e deglutição adequadas dos alimentos e conseqüente digestão.

Um dente de leite comprometido seriamente por um processo de cárie poderá levar a uma infecção, acarretando a má formação do dente permanente., onde é notório na odontopediatria que crianças esteticamente comprometidas, ocorrem nelas uma dificuldade de comunicação e integração social.

Nascimento dos dentes de leite : A idade média normal para o nascimento é por volta de seis meses de idade.

Um atraso em torno de mais seis ou oito meses ainda poderá ser considerado dentro dos padrões da normalidade em nossa população. Também poderemos ter dentes de leite que erupcionam (nascem) antes do prazo médio, ou seja, logo após o nascimento (“dente natal”), ou por volta de dois a três meses de idade (“dente neonatal”). Se isso ocorrer, procure oodontopediatra.

Ao nascimento dos dentes do bebê, poderão ocorrer alguns sintomas, como coceira e abaulamento da gengiva, com aumento da salivação, estado febril, e até as fezes podem ficar mais líquidas. Para ajudar o rompimento dos dentinhos e melhorar esse desconforto, deveremos oferecer ao bebê alimentos mais duros e mordedores de borracha para massagear a gengiva.

Como faremos a higiene dos primeiros dentinhos ?

A escovação dos primeiros dentes deverá ser iniciada assim que estes estejam erupcionando, com escova infantil e de cerdas macias.

Deve-se seguir uma ordem de seqüência para que todos os dentes sejam devidamente escovados bem como a língua da criança.

O que a odontopediatria costuma indicar para as crianças referente ao uso de pastas dentais ?

É de extrema importância a escovação noturna, pois quando dormimos o fluxo salivar diminui e a proteção salivar quase não existe.

Para crianças abaixo de três anos o creme dental recomendado não deve conter flúor, já a partir dos três anos recomendamos um creme dental desenvolvido para crianças e não para adultos, pois a concentração de flúor deste último é maior e com o desenvolvimento da deglutição ainda em formação a criança acaba ingerindo maior quantidade de flúor o que pode acarretar em uma doença chamada fluorose, ou seja, um excesso de flúor causando manchamento dos dentes permanentes sucessores.

×
Olá!
Posso ajudar?